segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Marmelada e geleia como a minha mãe fazia



Finalmente fizemos!
Já há algum tempo que queríamos fazer e não passou deste fim-de-semana, apesar de que os marmelos que se encontram agora já estão meios murchos.
A receita foi a minha mãe que me ensinou. Era assim que ela fazia antigamente quando fazia toneladas dela e depois distribuía por toda a família.
O mais engraçado é que mal os marmelos começaram a ferver, veio aquele cheirinho a marmelada que fez mesmo lembrar quando eu era criança e a minha mãe fazia.
É mesmo muito fácil de fazer! Descascam-se os marmelos. (convém serem alguns quilos para dar algum rendimento) A parte pior é mesmo esta, pois os marmelos são mesmo duros e custa bastante descascá-los.
Os caroços e cascas reservam-se para depois se fazer a geleia.
Coloca-se os marmelos descascados num tacho e deita-se água. Cozem-se. Depois de cozidos deita-se a água fora, reduz-se os marmelos a puré e pesa-se. A quantidade de açúcar usada vai ser igual ao peso dos marmelos em papa.
Depois vai novamente ao lume. Quando começar a ferver mexe-se, mexe-se sempre sem parar
durante cerca de 30/45 minutos. Tá pronta quando a colher de pau ficar direita no centro do tacho.
Depois de pronta, deita-se em tigelas e deixam-se à luz para a marmelada secar, com uma folha de papel vegetal com aguardente.
A geleia ainda é mais fácil e muito menos trabalhosa!
Pegam-se nos caroços e cascas e deitam-se num tacho com água. Vai ao lume ferver durante algum tempo (ainda é bastante) até o líquido reduzir.
Coa-se o líquido com um panos de cozinha fino (lembro-me que a minha mãe usava uma fralda) para que o líquido fique limpo.
Mede-se o líquido e por cada litro junta-se 1 quilo de açúcar.
Vai novamente ao lume até atingir o ponto de estrada.
Bom apetite!

Sem comentários: