quinta-feira, 18 de março de 2010

Prenda de mamãe


Eu, Paula, cresci numa casa em que as mulheres faziam algum tipo de lavores. A minha avó era modista e para além de fazer toda a roupa que eu usei até mais ou menos os 10 anos fazia os famosos paninhos de crochet que adornavam a casa. A minha mãe não fugiu à regra. Em nossa casa também tínhamos rendas a adornar a casa, mas os panos ou eram brancos ou beije.
Eu detestava! Não dava um ar nada moderno à casa. Mas com o tempo fui dando o valor que era merecido ao trabalho que estas peças dão. Assim, mamãe ofereceu-me o meu primeiro napron!
Mas, claro tinha que ter a ver connosco.
Este trabalhinho foi feito por mamãe e ficou lindo!

Sem comentários: